Giorgio Perottino/Reuters
Giorgio Perottino/Reuters

Apesar da grave lesão, Inzaghi descarta fim da carreira

Atacante do Milan sofreu contusão no joelho esquerdo e precisará passar por cirurgia

AE, Agência Estado

12 de novembro de 2010 | 11h33

Apesar da grave contusão no joelho esquerdo, que o fará passar por cirurgia e perder o restante da temporada, o atacante italiano Filippo Inzaghi avisou que não pensa em encerrar a carreira. "Será difícil, mas eu não desisto", avisou o jogador do Milan, que está com 37 anos.

Inzaghi sofreu a lesão na última quarta-feira, durante a vitória do Milan sobre o Palermo pelo Campeonato Italiano. E o problema médico veio justamente quando ele vivia grande fase, depois de ter marcado dois gols no empate com o Real Madrid, na semana passada, pela Liga dos Campeões.

Diante da contusão, Inzaghi recebeu diversas mensagens de apoio, inclusive de jogadores de outros times, muitos com quem jogou junto na seleção italiana. Tudo isso deixou o veterano atacante bastante emocionado, conforme mostra o comunicado que ele divulgou no site oficial do Milan.

"Todos me emocionaram muito, o clube, o técnico, os meus companheiros de equipe, os meus torcedores", contou Inzaghi. "Farei de tudo (para ter uma boa recuperação), acreditem em mim, porque ainda não acabou. E eu o farei também graças à sua força e à sua energia", completou o atacante.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMilanInzaghi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.