Apesar da lanterna, Ipatinga joga otimista em SC

Apesar de ocupar a incômoda lanterna do Campeonato Brasileiro, o Ipatinga é puro otimismo para o duelo contra o Figueirense, neste sábado, às 18h20, no Estádio Orlando Scarpelli. Embora o time venha de duas derrotas seguidas, para São Paulo e Cruzeiro, o técnico Márcio Bittencourt gostou do volume de jogo apresentado nas partidas e acha que chegou a hora de vencer pela primeira vez fora de casa.Com 27 pontos, o Ipatinga faz as contas. Usando como base o aproveitamento atual das equipes, Márcio acha que o time precisa chegar a 40 pontos para não voltar à Série B. Para isso, é necessário somar no mínimo mais 13 pontos nos nove jogos restantes, cerca de 48% de aproveitamento, bem além dos 31% obtidos pela equipe até o momento."De agora em diante, cada jogo passa ser decisivo. Após uma boa seqüência tivemos dois tropeços, mas não podemos perder o foco. A equipe está consciente do que deve ser feito e vamos para o Sul em busca da nossa primeira vitória fora de casa", declarou o técnico.Para o jogo, a grande dúvida é quanto ao aproveitamento de Adeílson, que vem se queixando de cansaço muscular. Caso o artilheiro da equipe não jogue, o treinador poderá alterar o esquema tático para o 3-6-1, com o volante Júlio realizando o papel de terceiro zagueiro. Com isto, Ferreira jogaria isolado no ataque. Outra mudança que pode ocorrer é o retorno do lateral-esquerdo Beto à equipe titular, na vaga de Rodriguinho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.