Érico Leonan/Divulgação
Érico Leonan/Divulgação

Apesar de crise no São Paulo, Thiago Mendes celebra titularidade

Jogador atuou em 17 dos últimos 18 jogos da equipe são-paulina

Estadão Conteúdo

22 Agosto 2015 | 12h08

Depois de um início oscilante, o volante Thiago Mendes parece ter se firmado no São Paulo. Prestigiado pelo técnico Juan Carlos Osorio, o jogador atuou em 17 dos últimos 18 jogos da equipe. Na última quarta-feira, na derrota por 2 a 1 diante do Ceará, em pleno Morumbi, pela Copa do Brasil, atuou mais recuado, em uma nova função.

"Foi um pouco diferente, porque eu nunca tinha jogado como primeiro volante no São Paulo, mas consegui manter o ritmo dos outros jogos. Se o treinador optar por mim novamente nesta função, vou tratar de ter a mesma pegada para dar conta do recado", declarou.

Esta foi a segunda derrota em casa consecutiva do São Paulo, que já havia sido atropelado pelo Goiás no último sábado. Apesar da atuação abaixo do esperado e da derrota para o lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro, que inclusive estava com uma escalação bastante desfigurada, Thiago Mendes ficou satisfeito com o que viu em campo.

"Acredito que foi uma boa participação. Tivemos oportunidades para vencer o jogo, mas não aproveitamos. Apesar do resultado negativo, fiquei feliz com a chance de poder desempenhar um novo papel tático com o Osorio. Vou trabalhar firme para manter este meu bom momento no clube e receber novas oportunidades entre os titulares", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.