Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Apesar da pressão da torcida, Carille descarta mudança no time do Corinthians

Técnico diz que jogador não vai ganhar posição apenas por um jogo

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2017 | 11h01

O técnico Fábio Carille admitiu que o Corinthians não foi bem no clássico com o São Paulo, mas isso não deve significar mudanças na equipe para encarar o Cruzeiro, domingo, no Mineirão. Ele se mostra resistente em fazer testes na equipe e, se depender de sua vontade, deve repetir o time. Nem mesmo Clayson, autor do gol diante do rival, convence o treinador a mudar de opinião.

Ao melhor estilo Tite, Carille espera que o jogador conquiste sua vaga pouco a pouco. “Para se construir uma vaga na equipe, não é só com um jogo e só com um gol”, disse, no domingo, deixando claro que Clayson ainda precisará mostrar algo a mais para ganhar espaço.

Jadson também parece ainda ter pontos com o treinador. “Sei da importância do Clayson, que é um jogador que eu briguei muito para o Corinthians contratar, mas sei também do potencial do Jadson, do Marquinhos Gabriel e dos demais”, completou.

Além de Jadson, quem também tem sido alvo de críticas da torcida é Rodriguinho, que acabou se recuperando parcialmente no clássico, após fazer uma bonita jogada que resultou no gol de Clayson. Um jogo antes, foi expulso após ficar um minuto em campo diante do Racing, na Argentina, pela Copa Sul-Americana.

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.