Wilton Junior/ Estadão Conteúdo
Wilton Junior/ Estadão Conteúdo

Apesar da promessa de distanciamento, Maracanã tem aglomeração antes da final da Copa América

Brasil e Argentina se enfrentam neste sábado, às 21h, pela decisão do torneio continental

Marcio Dolzan / RIO, O Estado de S.Paulo

10 de julho de 2021 | 18h11

Não precisou nem chegar o momento da abertura dos portões para que a promessa de que o público que for ao Maracanã para assistir à final da Copa América entre Brasil e Argentina, neste sábado, respeitará o distanciamento social não fosse cumprida. Cerca de cinco horas antes do jogo, centenas de brasileiros e argentinos se aglomeravam próximo a uma das bilheterias do estádio para retirar o "convite".

Muitos dos "convidados" não se preocuparam nem mesmo em usar máscaras de proteção. Não havia nenhum tipo de controle de distanciamento. Por volta de 16h30, houve um princípio de tumulto devido à demora na liberação das entradas, mas sem maiores consequências.

No acordo de liberação de acesso ao Maracanã feito entre a prefeitura do Rio e a Conmebol, a promessa era de controle sobre o distanciamento social. Para retirar o ingresso, é preciso apresentar exame de PCR negativo para covid-19 feito nas últimas 48 horas. O prefeito Eduardo Paes (PSD) afirmou que o respeito aos protocolos de distanciamento seria fiscalizado, mas, no momento da aglomeração das bilheterias não havia nenhum servidor acompanhando. Do outro lado da rua, porém, dois fiscais do município acompanhavam o funcionamento de um dos bares.

Conmebol informou ter detectado vários testes da covid-19 fraudados para a final da Copa América deste sábado. A entidade promete rigoroso controle de acesso ao estádio.

"A Conmebol informa que foi detectada uma considerada quantidade de provas de PCR fraudulentas, de pessoas credenciadas tanto na tribuna argentina como na tribuna brasileira. Essas pessoas não poderão ingressar ao estádio", informou a entidade, em comunicado oficial.

Foram liberadas aproximadamente 6 mil entradas ao Maracanã. Além da prova laboratorial com resultado negativo para poder acessar o estádio, os convidados devem estar com máscara e ficarão a dois metros de distância um dos outros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.