Apesar das críticas, Espanha não vai mudar, diz Iniesta

A Espanha não vai mudar seu estilo de jogo, e só não está apresentando um futebol mais bonito por causa do esquema defensivo dos seus adversários, disse o meio-campista Andrés Iniesta na terça-feira, respondendo às críticas lançadas contra o time depois da vitória de 2 x 0 sobre a França pelas quartas de final da Eurocopa.

REUTERS

26 de junho de 2012 | 18h52

Muitos analistas consideram que a Espanha não está sabendo traduzir sua ampla posse de bola em jogadas bonitas. Mas Iniesta disse que o time vai manter os passes curtos e cadenciados, que levaram a Espanha ao título europeu de 2008 e à conquista da Copa do Mundo em 2010. "Temos nosso próprio estilo, nosso próprio jogo, que nos trouxe sucesso. Ganhamos dois troféus com esse estilo, mas quaisquer opiniões são válidas, e eu as respeito", disse ele na véspera da semifinal contra Portugal.

"Não podemos esquecer que há alguns anos mudamos a história do futebol espanhol, nem podemos esquecer o jeito como fizemos isso", disse o meia. O jogo feio, segundo ele, é consequência da retranca dos rivais. "Quando você tem um time que sempre ataca, mas você ataca contra uma defesa fechada, de oponentes que não deixam espaços, é claro que não é atraente como um jogo aberto, com dois times que querem vencer."

(Reportagem de Simon Evans)

Tudo o que sabemos sobre:
Eurocopaeurocopa 2012

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.