São Paulo FC/Divulgação<br>
São Paulo FC/Divulgação

Apesar das dificuldades, São Paulo mantém fé no título

Na avaliação de todos, o Cruzeiro ainda é o melhor time do Brasil, mais regular e grande favorito à conquista do campeonato

PAULO FAVERO, O Estado de S. Paulo

09 de outubro de 2014 | 19h37

A diferença para o líder Cruzeiro no Campeonato Brasileiro diminuiu para sete pontos, mas nem por isso os jogadores e técnico do São Paulo exageram no otimismo. O elenco mantém os pés no chão e na avaliação de todos o rival ainda é o melhor time do Brasil, mais regular e grande favorito ao título. "O Cruzeiro dificilmente terá muitos tropeços. Mas vamos ver a cada jogo. O foco é sempre a vitória, para ver se a gente chega no título", avisa o capitão Rogério Ceni.

Se o goleiro do São Paulo entende que a briga pela taça é complicada, ele também concorda que o time precisa ter atenção para permanecer no G-4. "A disputa pela Libertadores está muito acirrada. Assim como a briga para não ser rebaixado", afirma. No bolo de cima estão Cruzeiro, São Paulo, Internacional, Grêmio, Corinthians e Atlético-MG, com Fluminense e Santos podendo se aproximar.

No São Paulo, o discurso é que permanecer na zona de classificação para a Libertadores do próximo ano é obrigação e até agora ninguém jogou a toalha. "A gente também está de olho no Cruzeiro e temos que fazer nossa parte para encostar", explica o lateral-esquerdo Reinaldo, que deve ganhar uma chance para enfrentar o Atlético-MG no domingo.

Para o técnico Muricy, o São Paulo precisa manter o foco e esquecer o líder do campeonato. "A gente já conversou várias vezes sobre o Cruzeiro. Sabemos que é muito difícil encostar, pois é um time que erra pouco e se preparou melhor que todos. Contratou certo e já tinha um caminho planejado. No futebol não podemos desistir, mas o Cruzeiro é o grande favorito. Quem está vindo atrás vai sofrer", conclui.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.