Vitor Silva/SSPress Botafogo
Vitor Silva/SSPress Botafogo

Apesar de derrota, estreia de jovens laterais em clássico anima Botafogo

Jonathan e Lucas Barros tiveram uma boa atuação contra o Flamengo

Redação, Estadão Conteúdo

28 Janeiro 2019 | 18h42

Apesar da derrota no clássico, por 2 a 1, para o Flamengo, sábado, no Engenhão, os novatos laterais Jonathan e Lucas Barros tiveram uma boa atuação pelo Botafogo na estreia entre os profissionais. O primeiro iniciou a partida como titular, suprindo a ausência de Gilson, suspenso. O segundo entrou na segunda etapa, quando o companheiro sofreu com cãibras.

"Infelizmente não conseguimos a vitória que tanto precisávamos, mas fiquei contente com a minha estreia. Todos do grupo e da comissão técnica me deram bastante confiança e me deixaram à vontade, então entrei bem tranquilo no jogo", disse Jonathan, de 20 anos, que está no clube desde 2017, após chegar do Nova Iguaçu por intermédio de uma parceria entre os clubes.

Aos 19 anos, Lucas Barros soma dez anos de Botafogo e disputou a última edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. "Entrar em um clássico no Estádio Nilton Santos foi uma sensação única, uma emoção muito grande. Posso dizer que foi a realização do sonho de uma criança", disse o jogador. "O Botafogo me deu tudo, me formou como atleta e como ser humano, estou aqui desde os meus 9 anos, vivi altos e baixos, sofri uma lesão no joelho em 2016 quando até pensei em parar de jogar, mas graças a Deus pude chegar a esse momento especial."

Além de Jonathan e Lucas Barros, o elenco do Botafogo ainda conta com Diego, Rickson, Wenderson e Igor Cássio, que subiram para o profissional no fim do ano passado. Lucas Alves, Glauber e Rhuan são outros que vieram das categorias de base e estão ganhando oportunidades em treinos do time principal.

"Nós ficamos muito felizes em ver que o nosso processo de formação está dando frutos. Vale ressaltar que eles ainda são muito novos, uma oscilação será normal, mas o importante é que eles têm se preparado ao máximo e correspondido quando chamados", disse Tiano Gomes, gerente geral das categorias de base do Botafogo.

O Botafogo é o sexto e último colocado do Grupo B da Taça Guanabara, com apenas um ponto em três jogos disputados. A próxima partida do time será na quinta-feira, no Engenhão, diante do Resende.

 

Mais conteúdo sobre:
Botafogofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.