Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Apesar de derrota, Loss diz que Corinthians conseguiu 'se impor' no Maracanã

Técnico afirma que sua equipe teve maior controle do jogo, mas não conseguiu ser eficiente no ataque

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

03 Junho 2018 | 20h06

Apesar de sofrer a terceira derrota em quatro jogos à frente do Corinthians, o técnico Osmar Loss estava tranquilo após a derrota do time paulista para o Flamengo, por 1 a 0, neste domingo, no Maracanã. Para o treinador, a equipe alvinegra conseguiu "fazer um grande jogo e se impor". Loss também se absteve de criticar a arbitragem de Anderson Daronco, que ouviu reclamação intensa dos jogadores ao final da partida.

+ TABELA - Classificação do Campeonato Brasileiro

+ Flamengo supera o Corinthians e se mantém na liderança isolada do Brasileirão

"Em relação à postura do Corinthians, principalmente na segunda etapa, acho que conseguimos trabalhar bem a bola, tivemos um controle maior do que tivemos na primeira etapa, mas não é ainda aquilo que a gente deseja para o Corinthians", considerou o comandante. "Fizemos um grande jogo, e temos que ressaltar que a equipe do Flamengo vem jogando muito bem, num grande momento, e a gente veio aqui diante de um grande público e conseguiu se impor."

Mesmo assim, Loss reconheceu que sua equipe ficou acuada no primeiro tempo. "Os tempos estrategicamente foram distintos. Na primeira etapa o Flamengo, na empolgação, realmente nos colocou numa posição de jogar um pouco mais retraídos", disse.

Para o técnico, a saída de Jadson ainda no primeiro tempo - o meia sentiu a coxa e foi substituído pelo atacante Roger - afetou a forma de atuar no Corinthians. "O Jadson saiu, vem num grande momento, vem jogando muita bola, e realmente a gente teve que alterar o modelo de jogo que a gente vinha jogando para essa partida. Certamente uma mudança que sai do plano pode abrir margem para melhorar ou piorar. Acho que a gente manteve um estágio de equilíbrio", considerou. "Mas a gente está mais adaptado a jogar com o Jadson."

O treinador também não quis polemizar em relação à arbitragem. A maior crítica dos corintianos foi pela forma com que Anderson Daronco encerrou a partida, após cinco minutos de acréscimo - o Corinthians estava com a bola na área do Flamengo.

"Em relação à arbitragem, só não é costumeiro ver árbitro apitar fim do jogo dentro da grande área. No mais, acho que o Daronco fez uma excelente arbitragem", afirmou Loss.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.