Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Apesar de desvantagem, Rafael Vaz diz que Flamengo mira liderança: 'Tudo é possível'

São nove pontos de vantagem do Corinthians na liderança do Campeonato Brasileiro

Estadao Conteudo

11 de julho de 2017 | 16h38

São nove pontos de vantagem do Corinthians na liderança do Brasileirão e uma sequência invicta de 26 jogos. Nada disso, porém, desanima o zagueiro Rafael Vaz. O defensor do Flamengo, vice-líder da tabela, garante que a meta da equipe é a busca pela primeira colocação nas próximas rodadas: "Tudo é possível".

"Podemos contar com os números, mas acho que o Flamengo tem que ir jogo a jogo. Nosso lema é esse. Precisamos pensar primeiro no Grêmio. Tenho certeza que será um grande jogo e vamos lutar para deixar o Flamengo no lugar ao qual ele pertence, que é brigando por títulos", disse Vaz, nesta terça-feira.

O Grêmio será o adversário desta rodada, em jogo marcado para esta quinta, no estádio Luso-Brasileiro. Trata-se de confronto direto pela segunda colocação porque o rival gaúcho tem 22 pontos, apenas um atrás do Flamengo - o Corinthians exibe 32.

"Acho que todo jogo é importante, mas é claro que pela tabela, pela situação e pela sequência de jogos que teremos pela frente, será de grande importância conquistar uma vitória na quinta-feira", admitiu o zagueiro rubro-negro.

Para tanto, Vaz espera contribuiu com o bom momento que vem vivendo no Flamengo. O zagueiro vem ganhando oportunidades na equipe titular, principalmente por causa de problemas físicos dos companheiros de defesa, casos de Juan, Rhodolfo e Rever.

"Minha obrigação aqui é ajudar sempre. Quando o professor precisar, necessito estar pronto. Trabalho no dia a dia para ganhar a confiança dele e, caso tenha a oportunidade de jogar na quinta-feira, espero entrar em campo e ajudar meus companheiros", projetou Rafael Vaz.

TREINO 

Zé Ricardo manteve o mistério nas atividades desta terça-feira, no Ninho do Urubu. Ele comandou treino tático e coletivo nesta manhã sem indicar qual formação terá para o jogo contra o Grêmio, na quinta. Na defesa, ele não definiu se terá mesmo Réver e Rafael Vaz, por causa das baixas de Rhodolfo e Juan.

No ataque, o desfalque certo é Guerrero, que cumprirá suspensão por ter levado o terceiro cartão amarelo no clássico com o Vasco. Leandro Damião é a opção mais direta para ocupar o lugar do atacante peruano. O treinador deve confirmar a escalação da equipe rubro-negra no treino desta quarta, às 15 horas, na última atividade antes do jogo de quinta.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.