Arquivo/AE
Arquivo/AE

Apesar de drama familiar, Pierre diz que joga no domingo

Esposa do volante do Palmeiras, grávida de cinco meses, perdeu o bebê na noite da última quarta-feira

Agencia Estado

26 de junho de 2009 | 17h46

O volante Pierre anunciou nesta sexta-feira que a sua esposa, grávida de cinco meses, perdeu o bebê na noite de quarta, em São Paulo. Apesar do momento difícil em sua vida pessoal, o jogador do Palmeiras avisou que participará da partida contra o Santos, domingo, no Palestra Itália.

Veja também:

linkBarça negocia compra de Keirrison e ele não joga clássico

especialMercado: as transferências dos times

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela / tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"A dor vai passar e a vida segue. Esse problema não vai me afetar para o jogo. O Palmeiras vive um momento de arrancada e eu preciso estar presente para ajudar os meus companheiros", afirmou o jogador, um dos destaques do time nesta temporada.

Foi a segunda perda do casal em menos de um ano. Em julho de 2008, Pierre passou por drama semelhante. Sua esposa, Moema, deu luz a gêmeos, que nasceram prematuramente, de sete meses. O menino morreu após o parto. A menina chegou a passar por complicações, mas se recuperou e deixou o hospital passados três meses.

"É uma tristeza muito grande, mais uma na minha vida. Não tenho palavras para dimensionar essa perda. Às vezes, ficamos sem entender o significado das coisas. Mas eu me apego muito a Deus para superar o que está acontecendo. Felizmente minha esposa está bem, e vamos mais uma vez dar a volta por cima", declarou o jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.