Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Apesar de greve da PM na Bahia, Ba-Vi será domingo

Clássico corria risco de não ser realizado por falta de segurança

AE, Agência Estado

10 de fevereiro de 2012 | 14h55

A Federação Baiana de Futebol recebeu garantias da Polícia Militar e irá realizar normalmente a oitava rodada do Campeonato Baiano, neste fim de semana, inclusive o clássico entre Bahia e Vitória, marcado para domingo, em Pituaçu. Os jogos estavam em risco diante da greve dos policiais militares da Bahia, que vem desde a semana passada.

Na manhã desta sexta-feira, o presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, e o presidente do Bahia, Marcelo Guimarães Filho, se reuniram com o comandante do Batalhão Especializado de Policiamento em Eventos (BEPE), Major Henrique Melo, e decidiram manter o Ba-Vi no domingo.

De acordo com a corporação, apesar da greve da categoria, a Polícia Militar usará força ostensiva no clássico, com 800 policiais dentro de campo e adjacências. Com a anuência do Bahia, mandante do clássico, o jogo foi confirmado. A partida terá o confronto dos técnicos Falcão, do Bahia, e Toninho Cerezo, do Vitória. Juntos, eles marcaram época no meio-campo da seleção brasileira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.