Geert Vanden Wijngaert/AP Photo
Geert Vanden Wijngaert/AP Photo

Apesar de lesão, Kompany é incluído na lista de convocados da Bélgica

Zagueiro teve contusão na panturrilha durante amistoso no final de semana, mas irá para a Rússia

O Estado de S.Paulo

04 Junho 2018 | 18h21

O técnico Roberto Martinez divulgou nesta segunda-feira a lista de 23 convocados da seleção belga para a Copa do Mundo da Rússia e incluiu Vincent Kompany na relação, embora o zagueiro tenha sofrido uma lesão na panturrilha durante um amistoso no fim de semana.

+ Infantino elogia estrutura russa e aposta em Copa com controle rígido no doping

+ Adversária do Brasil, Sérvia oficializa 23 convocados para Copa

+ Cristiano Ronaldo se apresenta e já treina com a seleção de Portugal

O zagueiro de 32 anos do Manchester City, cuja carreira foi marcada por contusões, deixou o campo no início do segundo tempo do empate por 0 a 0 da Bélgica com Portugal no sábado, logo após se lesionar.

Martinez disse que quer dar a Kompany o máximo de tempo possível para se recuperar, acrescentando que poderia ser mais de uma semana antes da verdadeira extensão da lesão estar mais clara.

"Vinnie Kompany é um líder, ele tem trabalhado arduamente no CT para os Diabos Vermelhos (apelido pelo qual é conhecida a seleção belga)", disse Martinez. "Ele se apresentou de uma maneira fantástica enquanto estava em campo contra Portugal, então o desempenho de Vinnie Kompany e sua liderança são essenciais para nós".

Martinez nomeou o defensor Laurent Cimanm do Los Angeles FC, como reserva para o caso da lesão de Kompany se mostrar séria a ponto de impedi-lo de jogar na Rússia. "Esta é uma Copa do Mundo, isso não é apenas um jogo internacional, isso não é apenas uma competição. Esta é a Copa do Mundo e devido ao papel de Vinnie Kompany agora esta é a decisão que tomamos a fim de ter a melhor chance possível de tomar a decisão certa", afirmou.

De acordo com as regras da Fifa, Martinez pode esperar até 17 de junho, um dia antes do jogo de estreia da Bélgica no Grupo G contra o Panamá, em Sochi, para fazer cortes por lesão no seu elenco. "Se em 17 de junho Vinnie não estiver em forma, ele não vai para a Copa do Mundo", disse o treinador. A Bélgica também jogará contra a Tunísia em 23 de junho e termina a sua participação na chave contra a Inglaterra no dia 28.

Martinez também optou por deixar Christian Benteke fora da lista de convocados para a Copa, optando por Romelu Lukaku e Michy Batshuayi como os dois principais atacantes da lista. "Foi a decisão mais difícil, do ponto de vista do futebol. A decisão é para o equilíbrio do grupo", disse o treinador, esperançoso de que Adnan Januzaj também desempenhe importante função ofensiva.

Com a criatividade de Januzaj e Eden Hazard e o bom passe e assistências de Kevin De Bruyne, a Bélgica espera contar com uma força poderosa no seu setor ofensivo. Mas a lesão de Kompany e preocupação quanto a Thomas Vermaelen e Toby Alderweireld, que tiveram lesões e problemas físicos durante a temporada, devem tornar o sistema defensivo da seleção uma dor de cabeça para Martinez.

Mas o técnico prefere encarar os problemas de lesão com otimismo, enquanto sua equipe se prepara para o torneio na Rússia como uma das candidatas ao título mundial. "Vamos ter sucesso como um time se pudermos enfrentar as adversidade juntos", disse Martinez.

Confira a lista de convocados da seleção belga:

Goleiros: Koen Casteels (Wolfsburg), Thibaut Courtois (Chelsea), Simon Mignolet (Liverpool).

Defensores: Toby Alderweireld (Tottenham), Dedryck Boyata (Celtic), Leander Dendoncker (Anderlecht), Vincent Kompany (Manchester City), Jan Vertonghen (Tottenham), Thomas Vermaelen (Barcelona).

Meio-campistas: Yannick Carrasco (Dalian Yifang), Nacer Chadli (West Bromwich Albion), Kevin De Bruyne (Manchester City), Mousa Dembele (Tottenham), Marouane Fellaini (Manchester United), Eden Hazard (Chelsea), Thorgan Hazard (Borussia Moenchengladbach), Adnan Januzaj (Real Socidad), Thomas Meunier (Paris Saint-Germain), Youri Tielemans (Monaco), Axel Witsel (Tianjin Quanjian).

Atacantes: Michy Batshuayi (Borussia Dortmund), Romelu Lukaku (Manchester United), Dries Mertens (Napoli).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.