Paulo Pinto/São Paulo FC
Paulo Pinto/São Paulo FC

Apesar de polêmica, Igor Gomes retorna fortalecido ao São Paulo

Meia fez sua estreia pelo tricolor na temporada após participar do Pré-Olímpico com a seleção

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

16 de fevereiro de 2020 | 17h23

O meia Igor Gomes, do São Paulo, começa a semana em alta no time mesmo depois de ter deixado o jogo do último sábado bastante frustrado. Apesar da grande reclamação dele e do restante do clube por um possível pênalti não marcado sobre o jogador no empate com o Corinthians, a revelação das categorias de base do time tricolor ganhou elogios do técnico Fernando Diniz e sonha em recuperar espaço no elenco.

Aos 20 anos, Igor Gomes voltou à equipe na última semana após a participação no Pré-Olímpico da Colômbia com a seleção brasileira. O meia entrou no segundo tempo após ter o nome pedido pela torcida e foi o protagonista do lance mais polêmico da partida, em que ele alega ter sofrido pênalti do corintiano Camacho. Como a falta não foi marcada, os são-paulinos ficaram revoltados.

Apesar disso, o meia teve a atuação elogiada pelo treinador. "O Igor Gomes e o Toró entraram bem", disse na entrevista coletiva depois da partida. Diniz admitiu que até estuda possíveis mudanças na formação titular para o jogo do próximo sábado, contra o Oeste, na Arena Barueri. "Nós vamos avaliar isso na próxima semana. Tenho mais alguma alternativas para montar o time", explicou.

Igor Gomes não foi titular absoluto na campanha brasileira no Pré-Olímpico e, no retorno ao São Paulo, disse que sonhava em ganhar uma chance no clássico e conseguir ser decisivo. O jogador se disse feliz pela atuação, mas não conseguiu evitar nas entrevistas mencionar a irritação com o pênalti não marcado. "Para mim, foi pênalti. Alegaram que eu retardei para ter o contato, mas naquela velocidade eu não consigo. Foi um lance que poderia ter mudado a história do jogo", explicou.

O meia tem uma relação especial com o Campeonato Paulista. Foi justamente na edição do ano passado em que ele começou a se destacar no time profissional. O São Paulo vivia situação difícil nas quartas de final, contra o Ituano, quando Igor Gomes marcou os gols na vitória por 2 a 1. Depois disso, ele se firmou na equipe e fechou a temporada 2019 com 36 jogos e quatro gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.