Apesar de queda, Simeone exalta Atlético de Madrid

O Atlético de Madrid foi até a Rússia e conseguiu uma vitória por 1 a 0 diante do Rubin Kazan, na última quinta-feira, mas o resultado não foi suficiente para manter a equipe na Liga Europa. Depois da derrota por 2 a 0 em casa, os espanhóis tinham uma difícil tarefa e não conseguiram passar às oitavas de final do torneio, no qual são atuais campeões. Mas, de acordo com o técnico Diego Simeone, saem de cabeça erguida.

AE, Agência Estado

22 de fevereiro de 2013 | 09h53

"É importante saber competir. Uma vez mais, a equipe demonstrou que está cheia de homens, com grande dignidade e compromisso com o clube. Tivemos uma intenção absoluta de jogar os 90 minutos para avançar no torneio. Não conseguimos, mas fizemos tudo o que tínhamos que fazer para tentar. Quando isso acontece, serve para seguir fortalecendo a equipe e o grupo", declarou.

Autor do único gol do Atlético na quinta-feira e principal destaque do time, Falcao Garcia não escondeu a decepção com o resultado, mas, assim como seu comandante, fez questão de enaltecer a atuação da equipe e a vontade demonstrada dentro de campo.

"Estou decepcionado com o resultado da partida. Durante todo o tempo da partida dominamos em campo na tentativa de superar os gols que levamos em casa. Lamentavelmente, não conseguimos. Saio orgulhoso pela partida que fizemos", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.