Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Apesar do empate, Doriva elogia atuação do Vasco e vê evolução

Técnico lamenta chuva durante o jogo com o Tigres do Brasil e destaca o empenho da equipe para buscar igualar o placar em 1 a 1

Estadão Conteúdo

09 de fevereiro de 2015 | 09h53

O tropeço no último domingo diante do Tigres do Brasil, com o empate por 1 a 1 em Xerém, não foi de todo ruim na avaliação do técnico Doriva. Para ele, o resultado não mostrou o que foi a atuação do Vasco, que teria exibido sinais de evolução em relação ao duelo diante do Madureira, quando venceu por 2 a 0.

"Na outra partida deixamos a desejar. Hoje (domingo) não vejo assim. Nesse jogo tivemos a dificuldade do campo. Não é desculpa, mas a chuva prejudicou muito o gramado. A equipe tentou, foi aguerrida, teve espírito, o que não teve na outra partida, quando a meu ver faltou espírito de competitividade. Saímos atrás, buscamos o empate e tivemos chance de fazer a virada. Vamos continuar trabalhando, porque estamos no caminho certo", avaliou.

Para Doriva, o Vasco só não teve melhor sorte porque não soube transformar em gol as chances que teve, como com Bernardo, que chegou a acertar a trave em cabeçada. O treinador lamentou o fato de não contar com um centroavante de ofício no momento, que poderia aproveitar as oportunidades.

"Em um jogo desses temos que caprichar mais, aproveitar as oportunidades. São jogos de detalhes, se você sai na frente pode administrar melhor o jogo, tivemos chances, mas não fizemos o gol. Depois tivemos que nos expor mais para buscar a vitória. Ficamos expostos, mas a proposta era essa porque tentamos vencer", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoDorivaCampeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.