Apesar do novo empate, Dunga acredita estar no caminho certo

Técnico lembrou das dificuldades do Brasil em Eliminatórias e ainda ressaltou o bom trabalho do setor defensivo

Redação,

16 de outubro de 2008 | 09h37

O técnico Dunga acredita que a seleção brasileira está no caminho certo para chegar à Copa do Mundo de 2010, apesar de ficar no 0 a 0 com a Colômbia no Maracanã, o terceiro empate seguido em casa sem gols pelas Eliminatórias Sul-Americanas.   Veja também: Brasil empata de novo em casa e torcida pede cabeça de Dunga Jogadores dão diferentes explicações para empate  Júlio César quebra recorde de invencibilidade no gol  Dunga: 'Sabia 4 dias antes que seria vaiado'  Bate-Pronto: 'Adeus, Dunga!', vezes 3  Torcedores colorem o Maracanã com fantasias  Eliminatórias Sul-Americanas - Classificação Eliminatórias Sul-Americanas - Calendário/Resultados Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão "Não é novidade para ninguém as dificuldades que temos em disputar as Eliminatórias", afirmou o treinador após o empate no Maracanã. "Antigamente, não conseguíamos vencer fora de casa. Agora, a situação se inverteu. Temos de procurar resolver esse problema."   Antes do empate contra a Colômbia, o Brasil ficou no 0 a 0 com Argentina e Bolívia. "Os colombianos se fecharam e dificultaram as nossas ações no ataque. Não podemos só fazer críticas. Temos de ver os lados bons, como o fato de ter a melhor defesa."   No setor defensivo Dunga tem razão em destacar as qualidades do time. O Brasil sofreu apenas 4 gols e possui a melhor defesa. "A Argentina, aliás, perdeu, então mostra os problemas de disputar uma Eliminatória. Buscamos uma renovação, e acredito estar num bom caminho."   Para Kaká, o desgaste comprometeu o futebol da seleção. "Foi um cansaço muito grande. A gente não conseguiu encaixar os movimentos, a bola foi lenta. Foi difícil", disse o meia, botando a responsabilidade na volta da Venezuela no final de semana.   O Brasil só volta a campo pelas Eliminatórias no próximo ano. O adversário será o Equador, sexto colocado, entre os dias 28 e 29 de março.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.