Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Apesar dos 100% de aproveitamento, Jorge prevê equilíbrio contra o CSA

Santos visita equipe alagoana neste domingo, às 16 horas, no estádio Rei Pelé

Redação, Estadão Conteúdo

04 de maio de 2019 | 20h54

Os 100% de aproveitamento do time do Santos nas duas rodadas iniciais do Campeonato Brasileiro não iludem o lateral-esquerdo Jorge para o duelo deste domingo, às 16 horas, diante CSA, em Maceió.

"Temos pela frente uma equipe muito boa, que subiu de divisão no ano passado e conta bastante com o apoio da torcida dentro de casa. Vai ser um jogo equilibrado, por isso temos que respeitar o adversário e ir em busca dos três pontos", afirma o lateral.

Vice-campeão da Série B do Campeonato Brasileiro no passado, superado apenas pelo Fortaleza, o CSA soma apenas um ponto nos dois jogos realizados. O time estreou com derrota por goleada para o Ceará (4 a 0) e empate diante do Palmeiras (1 a 1).

O Santos estreou com uma importante vitória, em Porto Alegre, por 2 a 1, sobre o Grêmio, e repetiu o placar frente ao Fluminense, na Vila Belmiro, na quarta-feira passada.

O zagueiro Lucas Veríssimo, recuperado 100% de uma lesão no joelho, concorda com Jorge e acrescenta uma boa dose de otimismo e confiança. "Torcedor acha que é fácil enfrentar o CSA, mas não é. Viagem longa e cansativa. Tem que entrar focado, sabendo que tem que dar seu melhor. Tem que pensar no Santos. Equipe vem bem e dá para conquistar o título."

Se enfrentar o CSA, o goleiro Vanderlei vai atingir a marca de 255 jogos pelo Santos, igualando o feito do lendário Rodolfo Rodrigues, que atuou pelo time de Vila Belmiro entre os anos de 1984 a 1988. Com isso, o atual camisa 1 vai se tornar o sexto goleiro com mais jogos pelo clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.