Aplaudido, Valdivia agradece a confiança da torcida

SÃO PAULO - Valdivia mais uma vez deixou o gramado como um dos melhores em campo, assim como já tinha acontecido na partida anterior, quando voltava a jogar após longo tempo parado. E, nesta sexta-feira, ele tinha um motivo extra para jogar bem. O técnico da seleção chilena, Jorge Sampaoli, esteve no Pacaembu para acompanhar de perto a exibição do meia na vitória do Palmeiras sobre o ABC, por 4 a 1, pela oitava rodada da Série B do Brasileiro.

AE, Agência Estado

12 de julho de 2013 | 23h49

O meia chileno teve seu nome gritado pelos palmeirenses no momento do pênalti, batido por Vinícius, e também quando foi substituído, o que mostrou que, aos poucos, ele está reconquistando parte da torcida. "Fico feliz por tudo isso. Tenho de agradecer a confiança que a torcida tem em mim e o que posso falar é que vou fazer de tudo para ajudar o Palmeiras", disse Valdivia.

Autor do segundo gol, o lateral-direito Luís Felipe admitiu que seu chute, que enganou o goleiro Lopes, não foi proposital. "Sinceramente, eu quis cruzar e chutar ao mesmo tempo. Eu treino isso e deu certo de novo, já que aconteceu contra o Oeste. Fico feliz pelo primeiro gol como profissional", disse o jogador, que foi novamente titular, assim como tinha acontecido na vitória por 4 a 0 sobre o Oeste na rodada anterior da Série B.

Já Wesley, outro que deixou o gramado debaixo de muitos aplausos, fez questão de destacar o fato de o time ter aproveitado bem a paralisação da Série B, durante a disputa da Copa das Confederações, para treinar forte e voltar ainda mais entrosado. "A parada serviu para a gente ganhar uma cara", avaliou o volante.

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasValdivia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.