Apodi se emociona em volta à Chapecoense: 'É como estar de novo com quem se foi'

Lateral teve passagem de sucesso pelo clube em 2015

Estadao Conteudo

18 Fevereiro 2017 | 11h26

O lateral Apodi foi oficializado neste sábado como mais um reforço da Chapecoense para a temporada. Apresentado à imprensa pela manhã, o jogador de 30 anos volta para o clube onde se destacou em 2015 e conheceu boa parte das vítimas do trágico acidente aéreo ocorrido na Colômbia, no fim do ano passado.

"Para mim, voltar aqui também é estar de novo junto deles e ajudar nesta reconstrução da Chapecoense", comentou o jogador, com a voz embargada, na entrevista coletiva. Emocionado, Apodi explicou que fez questão de voltar para o time catarinense e tentou descrever a sensação deste momento.

"É um privilégio voltar a vestir esta camisa, fui muito feliz aqui junto com meus companheiros, que nos deixaram neste acontecimento. É difícil vir aqui e não pensar, não falar disso. Eu vivi aqui com eles, participei, joguei com a maioria deles, tanto jogadores como diretores", lembrou.

Apodi chegou a ficar próximo de ir para o Goiás neste início de ano, mas preferiu a Chapecoense. A negociação com o clube catarinense quase foi por água abaixo diante dos obstáculos impostos pelo Krasnodar, que detinha seus direitos, mas a liberação saiu e ele finalmente ficou livre para assinar contrato até o fim de 2018.

O lateral se tornou mais um nome na reconstrução do elenco do clube, que perdeu 19 jogadores no acidente em novembro. Em meio aos primeiros passos da Chapecoense após a tragédia e à concorrência em sua posição de origem, Apodi já se colocou à disposição do técnico Vágner Mancini para atuar em outros setores.

Mais conteúdo sobre:
Chapecoense futebol Chapecoense

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.