Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Após 1ª derrota, Atlético-MG busca reabilitação contra o Inter no Beira-Rio

Técnico Jorge Sampaoli pode contar com a estreia de Sasha, com quem trabalhou no Santos na última temporada

Redação, Estadão Conteúdo

22 de agosto de 2020 | 12h03

Após sofrer a primeira derrota e perder os 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG tenta se reabilitar diante do Internacional, neste sábado, às 19 horas, no Beira-Rio, em duelo entre o vice-líder e o terceiro colocado.

O confronto, direto na briga pela parte de cima da tabela, e válido pela quinta rodada, coloca frente a frente dois times que têm três vitórias e somam nove pontos na competição. O Atlético aparece no terceiro posto, atrás do rival gaúcho por ter saldo de gols inferior.

Há a expectativa para a estreia de Eduardo Sasha logo contra seu ex-time, que o revelou para o futebol e o qual defendeu profissionalmente por cinco temporadas. O atacante, contratado junto ao Santos, teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e está regularizado. A tendência é de que comece o jogo entre os reservas.

Sasha é opção para ser o atacante de referência, função hoje exercida por Marrony como titular, mas também pode jogar pelos lados. Ele fez apenas dois treinos desde que chegou e disse em sua apresentação que não está na forma física ideal. No entanto, considerando a imprevisibilidade do técnico Jorge Sampaoli nas escalações e sistemas táticos montados, é possível até que o novo reforço já comece atuando.

O treinador argentino adapta seu time ao estilo de jogo do rival. Ele, como de costume, não deu pistas da escalação que vai utilizar. Mas é muito provável que novamente faça mudanças. Na zaga, Réver, preservado contra o Botafogo, retoma seu posto. Mariano pode aparecer entre os titulares na vaga de Guga e Savarino deve reassumir seu lugar no ataque. No meio, a tendência é de que o tripé seja formado por Jair, Allan e Alan Fraco. Keno pode começar no banco.

Os desfalques são os mesmos de antes: o meia Nathan e o atacante Diego Tardelli, que seguem em recuperação no departamento médico. Lá também estava o volante Gustavo Blanco, que voltou a treinar há uma semana e pode ser relacionado.

Blanco enfrentou duas lesões graves no joelho nos últimos dois anos e em maio passado sofreu uma ruptura de tendão do músculo reto femoral no quadril esquerdo. Sua última partida oficial foi há mais de dois anos, em julho de 2018. O equatoriano Cazares está fora dos planos e o venezuelano Otero negocia sua transferência para o Corinthians.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG - Rafael; Guga (Mariano), Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Allan e Alan Franco; Hyoran, Savarino (Keno) e Marrony (Eduardo Sasha). Técnico: Jorge Sampaoli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.