Paulo Pinto/AE - 6/5/2009
Paulo Pinto/AE - 6/5/2009

Após 10 jogos, Geninho deixa o comando do Atlético Paranaense

Diretoria do clube anuncia demissão do técnico, apesar de oito vitórias, um delas contra o Paraná

AE, Agência Estado

04 de abril de 2011 | 11h09

CURITIBA - A diretoria do Atlético Paranaense anunciou nesta segunda-feira a saída do técnico Geninho, um dia depois da equipe derrotar o Paraná, em clássico regional, por 3 a 2, em partida válida pelo campeonato estadual. A terceira passagem do treinador pelo clube durou apenas dez partidas, apesar dos bons resultados obtidos. Sob o comando de Geninho, o Atlético-PR somou oito vitórias, um empate e uma derrota, com um aproveitamento de 83,33%.

Os resultados deixaram a equipe em segundo lugar no segundo turno do Campeonato Paranaense com 16 pontos, cinco a menos do que o líder Coritiba, que venceu o primeiro turno e conquistará o título estadual antecipadamente caso também triunfe nesta fase do torneio. Na Copa do Brasil, o Atlético-PR está classificado para as oitavas de final após vencer o Paulista, em Jundiaí, por 2 a 0.

O Atlético-PR foi o segundo clube dirigido por Geninho em 2011, já que ele deixou o comando do Sport em fevereiro por conta dos resultados ruins no início do Campeonato Pernambucano. Nas outras duas passagens pela equipe, Geninho faturou o título do Campeonato Brasileiro em 2001 e do Campeonato Paranaense em 2009. O Atlético-PR volta a jogar no próximo domingo contra o Cianorte.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-PRGeninho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.