Após 100º jogo, Beckham fala em continuar na seleção

Meio-campista diz que acenos, interpretados como despedida, foram na verdade agradecimentos à torcida

Agência Estado

27 de março de 2008 | 09h49

O meia David Beckham completou 100 jogos com a camisa da seleção inglesa na quarta-feira, na derrota de 1 a 0 para a França, no Stade de France. Mas, apesar de toda a comoção em torno da marca histórica, o jogador disse nesta quinta-feira que não considera terminado o seu ciclo na equipeVeja também: França bate Inglaterra e ofusca 100.º jogo de Beckham"Não sei de onde surgiram esses rumores sobre aposentadoria, mas não fui eu quem deu início a eles", disse o jogador. Parte dos boatos surgiu do fato de, após o fim da partida, Beckham ter voltado a campo para acenar em direção às arquibancadas."Os acenos não foram de despedida, mas sim de agradecimento", explicou. "A manifestação deles quando eu fui substituído foi algo sensacional. É claro que eu esperava isso da torcida inglesa, mas ser aplaudido de pé pelos franceses foi fantástico.

Tudo o que sabemos sobre:
David Beckhamseleção inglesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.