Após 14 meses, Wilshere volta aos treinos no Arsenal

O meio-campista Jack Wilshere, do Arsenal, finalmente voltou a treinar normalmente nesta quinta-feira, após 14 meses afastado, sofrendo com uma série de lesões. A notícia foi muito comemorada pelo técnico do clube, Arsène Wenger, que voltará a contar com uma promessa do futebol inglês e um dos principais jogadores do time antes das contusões.

AE-AP, Agência Estado

20 de setembro de 2012 | 13h21

"Foram 14 meses e isto é muito tempo para alguém que tem a idade deles. Foi uma eternidade, mas esta é uma grande notícia", declarou o treinador, que preferiu não fazer previsão para o retorno do jogador aos gramados. "Precisamos dar a ele alguns treinamentos para ver como ele reage. É delicado, um estágio sensível".

Com apenas 20 anos, Wilshere é visto como peça fundamental para o meio de campo do Arsenal. Ele começou a ser aproveitado na equipe principal na temporada 2010/2011, logo se destacou e ganhou chances na seleção inglesa, pela qual fez cinco partidas antes de se lesionar.

Ao longo destes 14 meses, o meio-campista teve lesões no tornozelo, no pé e no calcanhar. Além dele, o Arsenal teve outra boa notícia, já que o volante Frimpong também se recuperou de contusão e voltou aos treinos. O jogador estava afastado do futebol desde fevereiro, quando ainda estava emprestado ao Wolverhampton.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolArsenalWilshere

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.