Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Após 16 jogos no comando do time do Vasco, Ramon Menezes é demitido

Técnico teve oito vitórias, três empates e cinco derrotas no comando da equipe, que vinha de duas goleadas

Redação, Estadão Conteúdo

08 de outubro de 2020 | 13h48

Durou apenas 16 jogos o trabalho de Ramon Menezes no comando do Vasco. O clube de São Januário anunciou, nesta quinta-feira, em suas redes sociais, a demissão do treinador, um dia após a derrota, por 3 a 0, para o Bahia, em Salvador, em duelo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ramon somou oito vitórias, três empates e cinco derrotas desde 30 de março, quando substituiu Abel Braga. Quando assumiu o cargo, não conseguiu levar o time para as finais do Carioca. Outro resultado ruim foi ter sido eliminado pelo rival Botafogo na Copa do Brasil.

No Brasileiro, após um bom começo, o time vem de quatro jogos sem vitória. Além da derrota para os baianos, o time perdeu para o Coritiba e o Atlético-MG e empatou com o Red Bull Bragantino.

A diretoria corre atrás de um treinador para ficar com a vaga de Ramon, pois no sábado, o time tem o clássico com o Flamengo, em São Januário, pela 15ª rodada do Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.