Após 16 meses fora, Michael Essien voltará a defender Gana

Meia foi convocado para enfrentar o Congo, pelas Eliminatórias da Copa Africana de Nações de 2012

AE-AP, Agência Estado

17 de maio de 2011 | 09h00

O meia Michael Essien voltou a ser convocado para defender a seleção de Gana, nesta terça-feira, para disputar o seu primeiro jogo pelo país após 16 meses afastado. O jogador do Chelsea foi incluído na lista de 24 nomes divulgada pelo técnico Goran Stevanovic para o confronto do dia 3 de junho, contra o Congo, em casa, pelas Eliminatórias da Copa Africana de Nações de 2012, e o amistoso do dia 7 do mesmo mês, contra a Coreia do Sul.

Essien defendeu Gana pela última vez em janeiro de 2010, justamente na última Copa Africana de Nações, antes de lesões encurtarem sua participação no torneio e o deixarem fora da Copa do Mundo do mesmo ano, na África do Sul.

O jogador de 28 anos de idade recebeu um longo tempo de Gana e do Chelsea para se concentrar em sua recuperação, mas ele anunciou neste mês que estava pronto para voltar a defender a seleção do seu país.

Goran Stevanovic também incluiu o volante Kevin-Prince Boateng, do Milan, o atacante Muntari, do Sunderland, e o meia Andre Ayew, do Olympique de Marselha, em sua convocação desta terça-feira.

Gana lidera o Grupo I das Eliminatórias da Copa Africana de Nações, com sete pontos, mesma pontuação do Sudão, que está em desvantagem no saldo de gols. Na rodada passada do qualificatório, a seleção ganesa bateu o Congo por 3 a 0, fora de casa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGanaconvocaçãoMichael Essien

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.