Reuters/Ueslei Marcelino
Reuters/Ueslei Marcelino

Após 2 anos, Appiah deixa comando da seleção de Gana

Seleção enfrenta problemas entre comissão técnica e jogadores. Desligamento do técnico é decisão mútua, segundo GFA

Estadão Conteúdo

12 Setembro 2014 | 14h24

A Associação de Futebol de Gana (GFA) anunciou nesta sexta-feira o desligamento do técnico da seleção local, Kwesi Appiah. Após dois anos no comando da equipe, o treinador não resistiu à fraca campanha na última Copa do Mundo, marcada por diversas polêmicas extracampo.

Em comunicado oficial, a entidade garantiu que a saída de Appiah foi decidida "mutuamente" na manhã desta sexta-feira, após uma reunião. "A GFA deseja agradecer o Sr. Appiah por seu serviço diligente ao país como técnico da seleção pelos últimos dois anos", apontou em comunicado.

Na última Copa do Mundo, Gana chegou a mostrar potencial, ao empatar com a Alemanha, por exemplo, mas acabou eliminada na primeira fase. A equipe foi atrapalhada por problemas extracampo, como discussões sobre premiações e uma briga entre comissão técnica e jogadores, que resultou no corte de Sulley Muntari e Kevin-Prince Boateng da delegação.

Mais conteúdo sobre:
futinter futebol Gana Kwesi Appiah

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.