Geert Vanden Wijngaert / AP
Geert Vanden Wijngaert / AP

Após 2 anos, Thierry Henry retorna à comissão técnica da seleção da Bélgica

Ex-atacante do Mônaco, Juventus, Arsenal, Barcelona e seleção francesa classificou como 'uma honra e um privilégio' ter sido contratado

Redação, Estadão Conteúdo

31 de maio de 2021 | 10h57

Thierry Henry está de volta à seleção belga. Após dois anos, o francês retorna à comissão técnica do selecionado terceiro colocado na Copa do Mundo da Rússia em 2018 para ser auxiliar adjunto do treinador Roberto Martinez.

"Thierry Henry está de volta", informou em suas redes sociais a federação belga, nesta segunda-feira, quando o time belga inicia sua concentração e treinamentos, em Tubize, ao sul do país, visando preparação para a disputa da Eurocopa.

O ex-atacante do Mônaco, Juventus, Arsenal, Barcelona e seleção francesa classificou como "uma honra e um privilégio" ter sido contratado para "dar uma mão ao treinador e ao resto da comissão técnica". "É a continuação de uma história inacabada pela qual daremos tudo para que tenhamos sucesso", acrescentou o campeão mundial em 1998 e da Europa em 2003 com a França.

Martínez destacou a experiência de seu auxiliar em competições internacionais. "Pareceu-nos natural continuar a história que começou na campanha de qualificação para a Copa do Mundo de 2018", disse o técnico espanhol, que está há cinco anos no comando dos belgas.

A Bélgica está no Grupo B da Eurocopa e sua estreia será em 12 de junho, frente à Rússia. Finlândia e Dinamarca também fazem parte da chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.