Nelson Perez/Divulgação
Nelson Perez/Divulgação

Após 2.º triunfo, Fluminense aprova teste nos EUA

Equipe das Laranjeiras teve dificuldades, mas derrotou o Fort Lauderdale Strickers

AE, Agência Estado

20 de junho de 2013 | 08h57

DELTONA (ESTADOS UNIDOS) - Na sequência da sua intertemporada nos Estados Unidos, o Fluminense disputou o seu segundo jogo-treino na última quarta-feira e voltou a triunfar. A equipe das Laranjeiras teve dificuldades, mas derrotou o Fort Lauderdale Strickers, em jogo-treino disputado no CT da equipe americana, em Deltona, Orlando, por 3 a 1. Digão, Michael e Zé Lucas marcaram para o Fluminense, que foi vazado por Aly Hassan.

A partida teve lances ríspidos, o que não assustou o atacante Samuel. Um dia após fazer dois gols no time Sub-23 do Orlando City, ele deu o passe para Digão marcar e aprovou o teste para a sequência do Campeonato Brasileiro. "Começamos bem essa preparação para o Brasileiro. Foram importantes esses gols e atuações. Os jogadores aqui são rápidos e não tem bola perdida. É bom encarar esse estilo de jogo, um jeito diferente", analisou.

Sem o lateral-esquerdo Carlinhos, poupado em razão de dores no pé esquerdo, o Fluminense iniciou o jogo-treino com a seguinte formação: Ricardo Berna; Bruno, Gum, Digão e Monzón; Edinho, Fabio Braga e Wagner; Rhayner, Rafael Sobis e Samuel. No segundo tempo, o técnico Abel Braga testou reservas e juniores.

Após marcar o seu gol, Digão espera manter a fase artilheira no Campeonato Brasileiro. "Nós queríamos a vitória. Conseguimos fazer um bom jogo-treino e reverter bem o placar. Tocamos bem a bola, como o professor perde. Fico feliz com esses gols que estão aparecendo e espero dar continuidade quando começar a valer, pelo Brasileiro", declarou.

Nesta quinta-feira, o elenco do Fluminense vai treinar no hotel onde está hospedado. A equipe disputará um jogo-treino contra o Cruzeiro no dia seguinte e no sábado realizará um amistoso com o Orlando City no estádio Citrus Bowl.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.