Após 5 rodadas na Série C, Remo e Cuiabá demitem seus treinadores

Josué Teixeira e Roberto Fonseca perderam o emprego

Estadão Conteúdo

12 de junho de 2017 | 18h42

A quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série C - a terceira divisão nacional - ainda não chegou ao fim, mas já fez duas vítimas. Nesta segunda-feira, as diretorias de Remo e Cuiabá anunciaram as saídas dos treinadores Josué Teixeira e Roberto Fonseca, respectivamente. Ambos os times empataram em casa no último final de semana.

Quarto colocado do Grupo A, o Remo recebeu o CSA e ficou no 1 a 1. Josué Teixeira já vinha pressionado por conta dos resultados no início do primeiro semestre: eliminações precoces na Copa do Brasil e Copa Verde, além do vice no Campeonato Paraense - o rival Paysandu foi o campeão. Ao todo foram 24 jogos, com 11 vitórias, oito empates e cinco derrotas.

Roberto Fonseca deixa o Cuiabá depois de ter sido campeão mato-grossense. No entanto, o desempenho ruim neste início de Série C - lanterna do Grupo A, com quatro pontos e nenhuma vitória - e o empate diante do Fortaleza por 2 a 2, na Arena Pantanal, em Cuiabá, resultaram na mudança da comissão técnica. Foram 14 vitórias, 14 empates e seis derrotas.

Agora, as diretorias dos dois clubes trabalham em busca dos substitutos. No Remo, as conversas com Oliveira Canindé - ex-CSA, Sampaio Corrêa e Campinense - estão bem adiantadas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRemoCuiabá

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.