Gustavo Oliveira / Londrina Esporte Clube
Gustavo Oliveira / Londrina Esporte Clube

Após 6 anos e 5 meses, técnico dá adeus ao Londrina com vitória sobre o Vila Nova

Claudio Tencati se despede do clube paranaense depois de longa trajetória no comando

Estadão Conteúdo

25 Novembro 2017 | 21h06

A despedida do até então treinador mais longevo do futebol brasileiro não poderia ser de outra maneira. Na tarde deste sábado, Claudio Tencati comandou o Londrina pela última vez depois de seis anos e cinco meses. Como "prêmio", viu seu time vencer o Vila Nova-GO por 1 a 0, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

+ Com recorde de público, América-MG vence e é campeão da Série B após 20 anos

No Londrina desde abril de 2011, Claudio Tencati comandou o clube em 269 jogos, com 132 vitórias, 72 empates e 66 derrotas. Neste sábado, como auxiliar do treinador, estava Ricardinho, que foi anunciado como seu substituto na última quinta-feira pela diretoria do clube paranaense.

Os dois times brigaram até a penúltima rodada por uma vaga no G4 (zona de acesso) da Série B. O Londrina terminou o campeonato na quinta colocação, com 64 pontos, dois a menos que o Paraná, quarto colocado. Já o Vila Nova foi ultrapassado pelo Oeste e ficou em sétimo lugar, com 58. Ficou 21 rodadas dentro do G4.

Os dois times entraram em campo despreocupados, mas com o objetivo de se despedirem com uma vitória. Logo aos cinco minutos, Maguinho invadiu a área e bateu para fora. O Londrina respondeu com Artur e Germano. Até que, aos 39 minutos, Patrick Vieira passou por Wesley Matos e, na hora de driblar Luis Carlos, foi derrubado pelo goleiro do Vila Nova. O experiente Germano bateu bem e abriu o placar para os visitantes.

O Vila Nova voltou do intervalo com uma postura mais ofensiva em busca do empate e quase conseguiu aos 11 minutos. Ruan soltou a bomba de fora da área e a bola passou raspando a trave de César. Depois disso, os dois times passaram a errar muitos passes e a partida caiu de produção, tanto que o outro lance de perigo aconteceu apenas aos 48. Wesley Matos cabeceou e o goleiro do Londrina fez grande defesa, garantindo a vitória dos visitantes.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA 0 X 1 LONDRINA

VILA NOVA - Luis Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Gastón Filgueira; Geovane, Fagner, Mateus Anderson (Léo Rodrigues), Alan Mineiro (Lourency) e Ruan; Jenison (Alípio). Técnico: Hemerson Maria.

LONDRINA - César; Reginaldo, Dirceu, Edson Silva e Lucas Ramon; Germano, Romisson, Rômulo e Patrick Vieira (Marcinho); Alisson Safira (Wellisson) e Artur (Ítalo). Técnico: Claudio Tencati.

GOL - Germano, de pênalti, aos 41 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Salim Fende Chavez (SP).

CARTÕES AMARELOS - Luis Carlos e Alemão (Vila Nova).

RENDA - R$ 12.075,00.

PÚBLICO - 893 pagantes.

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.