Alessandro Garofalo/Reuters
Alessandro Garofalo/Reuters

Após 72 dias, Cristiano Ronaldo retorna aos treinamentos na Juventus

Português passou por um período de isolamento de duas semanas em sua casa na cidade de Turim

Redação, Estadão Conteúdo

19 de maio de 2020 | 09h10

Cristiano Ronaldo se apresentou no centro de treinamento da Juventus para exames médicos, nesta terça-feira, após uma ausência de 72 dias. Eleito cinco vezes o melhor jogador do mundo, o português respeitou um período de isolamento de duas semanas em sua casa em Turim depois de passar o período de confinamento em seu país natal.

O atacante não estava ao lado de seus companheiros de equipe desde que ajudou os líderes do Campeonato Italiano a vencerem a Inter de Milão por 2 a 0 em 8 de março, após o qual ele voou para a Ilha da Madeira, em Portugal.

O Italiano foi suspenso um dia depois, quando foi ordenado um bloqueio nacional. A liga espera retomar as atividades em 13 de junho, se puder conseguir um acordo com o governo, que proibiu eventos esportivos até 14 de junho.

Fora do centro de treinamento em Turim, jornalistas e fotógrafos, além de alguns torcedores estavam presentes quando Ronaldo chegou sozinho dirigindo um carro preto. Ele é o primeiro de vários jogadores da Juventus que deixaram a Itália durante o bloqueio a retornar ao time.

Como todos os jogadores do Campeonato Italiano, Cristiano Ronaldo teve de ser submetido ao teste do coronavírus e passar por outros exames físicos. Três jogadores da Juventus - Daniele Rugani, Blaise Matuidi e Paulo Dybala - testaram positivo para a covid-19 durante o bloqueio. Todos os três se recuperaram.

Ronaldo estava em sua melhor forma antes do bloqueio, marcando 21 gols em 22 partidas. Em seu penúltimo jogo antes da suspensão, o português alcançou a marca de mil jogos oficiais e marcou em 11 duelos consecutivos, igualando o recorde estabelecido por Gabriel Batistuta em 1994 e Fabio Quagliarella na última temporada.

Em seu segundo ano na Juventus, Ronaldo está a caminho de ganhar o segundo título nacional. Após 26 rodadas, a Juventus lidera com 63 pontos, contra 62 da Lazio.

Na Liga dos Campeões, o time de Turim precisa se recuperar da derrota, por 1 a 0, sofrida para o Lyon no primeiro duelo das oitavas de final. Nas semifinais da Copa da Itália, a Juventus empatou com o Milan por 1 a 1 no jogo de ida, com um gol de pênalti de Cristiano Ronaldo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.