Após 8 a 0, goleiro do Sunderland quer reembolsar fãs

Envergonhados pela derrota por 8 a 0 para o Southampton, sábado, pela oitava rodada do Campeonato Inglês, os jogadores do Sunderland estão considerando a possibilidade de reembolsar o 2.500 torcedores que viajaram cerca de 500 quilômetros para assistir a partida.

Estadão Conteúdo

20 de outubro de 2014 | 13h29

Quem admitiu essa possibilidade foi o goleiro Vito Mannone, que vai conversar com os seus companheiros de clube sobre a possibilidade de reembolsarem os fãs. "Eu, pessoalmente, conversarei com a equipe para ver se é possível pagar aos torcedores pelos seus ingressos e viagem", afirmou o goleiro.

No último sábado, o Sunderland marcou dois gols contra no duelo com o Southampton, além de sofrer cinco gols no segundo tempo. Assim, o time sofreu a sua maior derrota em 32 anos. A goleada, aliás, foi a segunda maior da história da Premier League, a atual versão do Campeonato Inglês, criada em 1992.

O técnico do Sunderland, Gus Poyet, disse que este foi o seu jogo "mais embaraçoso" da sua carreira. Massacrado, o time está em 17º lugar no Campeonato Inglês e voltará a entrar em campo no próximo sábado, em casa, diante do Arsenal.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSunderlandVito Mannonevexame

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.