Após 8 anos, Agger deixa o Liverpool e volta ao Brondby

A custo zero, zagueiro volta a jogar em seu país natal e no clube que o revelou. O dinamarquês atuou em 232 jogos pelos Reds

Estadão Conteúdo

30 de agosto de 2014 | 11h08

Depois de mais de oito anos defendendo as cores do Liverpool, o zagueiro Daniel Agger decidiu neste sábado "voltar para casa". Ele anunciou a saída do clube inglês para retornar ao Brondby, de seu país natal, a Dinamarca, onde iniciou a carreira profissional. Os detalhes financeiros da negociação não foram divulgados.

"O Liverpool tem sido uma parte tão grande da minha vida e da minha família por tanto tempo que é extremamente difícil sair", declarou o jogador ao site do clube. "A oportunidade apareceu para que eu voltasse para casa, para o Brondby, e neste estágio da minha carreira, eu senti que era a decisão certa para mim."

Agger chegou ao Liverpool ainda jovem, com 21 anos, em janeiro de 2006. De lá para cá, atuou em 232 jogos com a camisa do Liverpool e conquistou a Copa da Liga Inglesa em 2011/2012. O número de partidas pelo clube só não foi maior por conta da sequência de lesões sofridas por ele no período. Além disso, de dois anos para cá ele vinha ficando no banco, já que Brendan Rodgers tem dado preferência a Dejan Lovren, Martin Skrtel e Mamadou Sakho na zaga.

De acordo com o treinador, aliás, o desejo de Agger de voltar para o time onde foi criado ficou claro durante a pré-temporada, quando o Liverpool enfrentou o Brondby. "Quando nós tivemos o privilegio de jogar com o Brondby na pré-temporada, vimos o carinho que têm por ele lá e eu posso entender o porquê de ele querer voltar."

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolLiverpoolAgger

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.