Após 8.ª vitória, técnico alerta Real Madrid contra acomodação

Bernd Schuster considera que o maior adversário do time merengue no campeonato, agora, é o próprio time

MARK ELKINGTON, REUTERS

28 de janeiro de 2008 | 11h30

A complacência é a maior ameaça ao RealMadrid na busca pelo título espanhol, disse o técnico BerndSchuster após a vitória dos atuais campeões por 3 x 2 sobre oVillarreal, no domingo. O Real contou com dois gols do brasileiro Robinho paravencer o terceiro colocado no Santiago Bernabéu, abrindovantagem de nove pontos na liderança do campeonato devido aoempate do vice-líder, Barcelona, com o Athletic Bilbao, por 1 x1. "É uma diferença grande, mas não é decisiva. Nesse momentonós somos nosso único rival, porque se relaxarmos, vamosrapidamente perder essa vantagem", disse Schuster. "Damos a impressão a nossos rivais que não vamos cair.Aumentar a liderança dois ou mais pontos é outro passoimportante, mas há poucos jogos a se disputar." O Real parece estar com uma mão no título após as oitovitórias seguidas, incluindo triunfos sobre os três rivais maispróximos, Barça, Villarreal e Atlético de Madri. O Barcelona, por outro lado, voltou a decepcionar napartida fora de casa contra o Bilbao, 16o colocado. Os catalãosficaram em desvantagem até os últimos minutos, graças a um golde Bojan Krkic para o time da casa, até Lilian Thuram salvar otime da derrota com um gol no final. "Não estamos desistindo de nada", disse o técnico do Barça,Frank Rijkaard. "A equipe lutou bastante e tenho certeza que secontinuarmos assim vamos diminui a vantagem do Real." (Reportagem de Mark Elkington)

Tudo o que sabemos sobre:
ESPANHOLREALMADRIDSCHUSTER

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.