Após a eliminação, Pekerman entrega o cargo de treinador

A Argentina já pode procurar novo treinador. Após a eliminação nas quartas-de-final da Copa do Mundo nos pênaltis diante da Alemanha, Jose Pekerman entregou o cargo. "É o fim de um ciclo, não vejo mais motivo para continuar", afirmou.?Foi cumprido um objetivo de qualquer forma, esses garotos da seleção sempre jogaram o máximo possível, mas não foi possível avançarmos.?Pekerman disse que a Argentina esteve perto da classificação para as semifinais e culpou a má sorte pela volta mais cedo para casa. "Tive a todo momento a sensação de que estávamos melhores que os alemães, mas isso não ganha jogo", analisou o treinador, que também fez questão de elogiar a equipe. ?Essa seleção tem um grande futuro, vai sempre disputar todas as competições. Os torcedores ficam tristes, mas ainda vão ter muitas alegrias.? Ele lamentou ainda a saída do goleiro titular Abbodanzieri,que sentiu uma lesão no segundo tempo e pediu para ser substituído.Entrou Franco, que não conseguiu defender nenhum dos quatro pênaltisbatidos pela Alemanha (4 a 2 foi o resultado das penalidades).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.