Após acesso à Série B, Guarani já pensa na renovação do técnico Marcelo Chamusca

Contrato do treinador termina no final do ano

Estadão Conteúdo

11 Outubro 2016 | 19h50

Após a conquista do acesso para a Série B, o elenco do Guarani está focado na disputa das semifinais do Campeonato Brasileiro da Série C contra o ABC. Mas nos bastidores a diretoria já pensa na temporada de 2017. O principal objetivo do clube é manter o técnico Marcelo Chamusca, que tem contrato até o fim deste ano, para a disputa da Série A2 do Campeonato Paulista.

O presidente do Guarani, Horley Senna, afirmou que deseja manter não só Marcelo Chamusca, como também toda a estrutura administrativa e o restante da comissão técnica. Mas ele reconhece que não será fácil segurá-los. "Eu queria que ficasse a comissão técnica toda, a superintendência, a diretoria e o elenco. Só que agora está todo mundo valorizado depois desse acesso", disse o mandatário.

À parte da movimentação dos dirigentes, Marcelo Chamusca se concentra nos duelos contra o ABC. O primeiro jogo será em Natal, no estádio Frasqueirão, neste domingo, às 21 horas. A volta será no dia 23, em Campinas (SP), no mesmo horário. O técnico conta com todo o elenco à disposição e deve manter a mesma formação que venceu o ASA por 3 a 0, nas quartas de finais, no estádio Brinco de Ouro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.