Após acesso no Vasco, jovens miram título do Sul-Americano com a seleção

Depois de um ano difícil no Vasco, na qual disputaram a Série B, os jovens Lorran e Thalles querem começar 2015 com título, mas não pela equipe carioca. Eles querem iniciar a próxima temporada levantando o troféu do Sul-Americano, vestindo a amarelinha da seleção brasileira sub-20.

Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2014 | 11h05

O lateral-esquerdo e o atacante se apresentaram ao grupo comandado pelo técnico Alexandre Gallo nesta sexta-feira e já iniciaram os treinamentos. Em razão da torneio internacional, eles terão férias reduzidas. Mas não se preocupam com isso.

"Esta chance que recebi é única. Espero aproveitá-la da melhor maneira possível. Quero fazer um bom campeonato lá no Uruguai e conquistar o título. Quero adquirir experiência e voltar ainda melhor para ajudar o Vasco no restante do ano", disse Lorran, que completará 19 anos no dia 8 de janeiro.

Para o atacante Thalles, o Sul-Americano será a oportunidade para se consolidar na seleção, já que ganhou boas chances ao longo de 2014. "Espero fazer um grande campeonato. Estou bastante focado na seleção agora. Quero fazer gols e ajudar o time a conquistar esse título. Depois penso em voltar para o Vasco e ajudar o time a vencer o Campeonato Carioca", projetou o jogador de 19 anos.

A dupla vascaína está concentrada com os demais jogadores na Granja Comary, em Teresópolis, desde sexta. Após a apresentação, eles já iniciaram os trabalhos no período da tarde. Eles passarão por um período de treinos na Granja até o dia 12 de janeiro, quando viajarão para o Uruguai.

A estreia acontecerá no dia 15, contra o Chile. Ainda pelo Grupo B, com sede em Maldonado, os brasileiros vão enfrentar o anfitrião Uruguai, no dia 17, a Venezuela, dia 19, e a Colômbia, no dia 23. Os três primeiros colocados de cada chave se classificam para o hexagonal final, que definirá o campeão no dia 7 de fevereiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.