Após acesso, Ponte anuncia saída de 14 jogadores

A renovação de contrato do técnico Gilson Kleina com a Ponte Preta ficou em segundo plano durante a entrevista coletiva desta terça-feira à tarde, na sala de imprensa do Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O gerente administrativo do clube, Jurandir Assis, aproveitou a ocasião para anunciar a lista de quem não ficará para a próxima temporada.

AE, Agência Estado

06 de dezembro de 2011 | 19h03

Ao todo, 14 dos 34 jogadores do elenco que disputou a Série B devem deixar o clube de Campinas. O grupo de quem vai embora conta com o goleiro Júlio Cesar, os laterais Fabinho, Murilo, Patric e João Paulo, o zagueiro Wellington, os volantes Paulinho e Mancuso, o meia Renatinho e os atacantes Tiago Luís, Ricardinho, Ricardo Jesus, Gigena e Soares.

Ainda há esperança, porém, de que pelo menos dois deles fiquem na Ponte para a próxima temporada: João Paulo e Ricardinho. O clube ainda pretende conversar com Fluminense e Atlético-PR, que são os detentores dos direitos federativos destes jogadores, para segurá-los. Já Renatinho "está indo para o Japão", conforme Jurandir Assis revelou nesta terça-feira.

Assim, mesmo após conquistar o acesso na Série B do Brasileiro, na qual ficou em terceiro lugar, a Ponte deverá ter uma grande reformulação no elenco para a disputa do Paulistão. A estreia no campeonato estadual está prevista para acontecer no dia 22 de janeiro, contra o São Caetano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.