Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Após acidente, Henrique retoma treinos em casa com fisioterapeuta do Cruzeiro

Volante tem a companhia do zagueiro Léo, seu amigo pessoal, em algumas atividades, segundo divulgou o time mineiro nesta quarta-feira

Redação, Estadão Conteúdo

08 de julho de 2020 | 15h14

Quase duas semanas após sofrer grave acidente de carro, o volante Henrique já voltou aos treinos, ainda com certa cautela, em sua casa, com acompanhamento do Cruzeiro. O jogador tem a companhia do zagueiro Léo, seu amigo pessoal, em algumas atividades, segundo divulgou o time mineiro nesta quarta-feira.

Na noite do dia 26 de junho, Henrique sofreu um incrível acidente de carro, ao cair de um penhasco, na altura do mirante do Jatobá, na cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte. O jogador estava sozinho no veículo e, surpreendentemente, não sofreu fraturas ou lesões mais graves.

Superado o susto, Henrique retomou as atividades físicas, em casa. De acordo com o Cruzeiro, o retorno será gradual, em atividades físicas programadas pelo preparador físico Edy Carlos Toporowicz e com o acompanhamento do fisioterapeuta Ronner Bolognani.

"Começamos essa semana com uma informação excelente. Henrique tem evoluído extremamente bem do trauma sofrido e está sendo auxiliado por profissionais do clube em sua casa, para que a recuperação aconteça com total controle, visto que o atleta ainda permanece com os pontos", explicou o superintendente médico do cruzeiro, Daniel Baumfeld.

"Ele também está sendo acompanhado pelos médicos do Cruzeiro em relação às partes nutricional e física e por todos os companheiros de equipe, que esperam sua evolução completa para que ele volte a estar em campo com os demais jogadores", declarou o especialista.

Também nesta quarta, o próprio jogador divulgou vídeo em suas redes sociais para se pronunciar publicamente pela primeira vez desde o acidente. "Estou aqui para agradecer todas as orações e mensagens positivas e dizer que foi um grande susto tudo o que aconteceu. Muito obrigado pelas orações, pelas mensagens", disse o volante. "Logo, logo, estaremos juntos novamente. Estou aqui me recuperando, mas logo estaremos juntos."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.