Mailson Santana/Fluminense
Mailson Santana/Fluminense

Após acidente que vitimou duas filhas, técnico do sub-20 volta a trabalhar no Flu

Uruguaio foi recebido com muita emoção pelos garotos da base tricolor

Estadão Conteúdo

23 Janeiro 2018 | 16h02

O técnico Léo Percovich voltou a comandar o time sub-20 do Fluminense nesta terça-feira. Pouco mais de um mês depois do acidente automobilístico que matou duas de suas filhas, o uruguaio foi recebido com muita emoção pelos garotos da base tricolor neste retorno ao clube.

+ Técnico do sub-20 do Flu sofre grave acidente de carro, mas passa bem

Léo Percovich ainda não está em plenas condições físicas e apareceu para o treino com o braço esquerdo ainda imobilizado. Enquanto esteve afastado, o treinador foi substituído pelo coordenador técnico Marcelo Veiga, que, inclusive, comandou os garotos na campanha que acabou ainda na primeira fase da Copa São Paulo.

Ex-goleiro do próprio Fluminense, além de Atlético-MG e outros clubes do Brasil, Léo Percovich sofreu grave acidente automobilístico no dia 17 de dezembro. O treinador e sua família estavam em carro que sofreu uma queda de cerca de 20 metros, ao cair de uma ponte na região de Santos Dumont (MG), na Zona da Mata.

A filha mais nova do casal não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois do ocorrido. Uma semana mais tarde, a filha mais velha também faleceu. Léo, sua esposa e seu filho sobreviveram ao grave acidente.

"Queria agradecer a todos que de alguma forma ou outra, de um país ou outro, não obstante a intimidade da relação, se aproximaram, se manifestaram e nos fizeram chegar todo o seu apoio, sua solidariedade, sua ajuda e, principalmente, oferecendo seu carinho para iluminar este caminho tão escuro a percorrer. A todos vocês, que compartilharam o peso da nossa tragédia e nos carregaram nos braços com suas orações, sua fé e principalmente com todo o seu amor", chegou a escrever o técnico nas redes sociais nos últimos dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.