FPF
FPF

Após ajudar o Peru a ir para a Copa, Cueva se reapresenta no São Paulo no sábado

Meia estará à disposição do técnico Dorival Junior para o duelo de domingo contra o Botafogo, pelo Brasileirão

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

17 Novembro 2017 | 14h46

O meia Cueva se reapresenta neste sábado no CT da Barra Funda para a sequência final de jogos do São Paulo no Campeonato Brasileiro, de acordo com o clube. O peruano desfalcou o time tricolor por três partidas, enquanto ajudava a seleção peruana na repescagem das Eliminatórias da Copa do Mundo. Com atuações decisivas do são-paulino, o time de Ricardo Gareca se classificou para o torneio depois de 36 anos.

CBF confirma duelo entre São Paulo e Bahia no Morumbi

Cueva deve ser o principal reforço do São Paulo para o duelo contra o Botafogo, no domingo, no estádio do Pacaembu, pela 36ª rodada do Brasileirão. Enquanto esteve fora, foi substituido por Shaylon em um jogo, e por Maicosuel nos outros dois. Sem o peruano, o time de Dorival Junior não venceu. Foram dois empates (2 a 2 com a Chapecoense e 1 a 1 com o Vasco) e uma derrota (1 a 0 para o Grêmio).

O treinador da equipe tricolor terá de quebrar a cabeça para montar o time do São Paulo para o duelo no gramado municipal. Apesar dos retornos de Cueva e também de Militão, que cumpriu suspensão no duelo contra os gaúchos em Porto Alegre, Dorival não poderá contar com o zagueiro Arboleda e com o capitão Hernanes, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Na zaga, o favorito à vaga do equatoriano é Bruno Alves, acionado nas duas últimas vezes em que o time teve o desfalque de Arboleda. Aderllan e Lugano são as outras opções de Dorival. No meio-campo, a disputa por vaga é maior. Com o retorno do Militão, o volante Araruna - que vinha atuando na lateral-direita do time, é um possível substituto. Lucas Fernandes, que entrou bem nos últimos jogos da equipe tricolor, também tem chances de começar jogando. Maicosuel, Shaylon e Thomaz são outros candidatos.

O São Paulo treina com portões fechados na tarde desta sexta e na manhã de sábado, antes do duelo contra o Botafogo. Será o último jogo do time no estádio do Pacaembu no Brasileirão, onde o São Paulo fez mando de campo enquanto o Morumbi está alugado para shows. Na última rodada do Nacional, contra o Bahia, no dia 3 de dezembro, o time tricolor volta a jogar em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.