Mauro Pimentel/AFP
Mauro Pimentel/AFP

Após ano conturbado no gol, Flamengo contrata preparador da Chapecoense

Rogério Maia integrou a comissão técnica da seleção brasileira medalha de ouro na Olimpíada do Rio

Estadão Conteúdo

05 Janeiro 2018 | 19h30

O Flamengo acertou nesta sexta-feira a contratação de um novo preparador de goleiros. Depois de uma temporada bastante conturbada com os jogadores da posição, o clube rubro-negro terá na função a partir deste ano Rogério Maia, que estava na Chapecoense e integrou a comissão técnica da seleção brasileira medalha de ouro na Olimpíada do Rio.

+ Em conflito com o Santos, Zeca indica acerto com o Flamengo

"O preparador de goleiros da Chapecoense, Rogério Maia, acertou sua transferência para o Flamengo na tarde desta sexta-feira. Em 2017, Maia se destacou na preparação dos goleiros da Chape, o que fomentou o assédio de grandes clubes brasileiros", informou o time catarinense. "A Chapecoense agradece o profissional pelos serviços prestados, sempre com muita ética e dedicação, e deseja sucesso neste novo desafio em sua carreira."

Rogério também acumulou passagens por Coritiba, Internacional, entre outros. Ele chega para o lugar de Victor Hugo, que deixa o clube após ser muito criticado pelo desempenho dos goleiros flamenguistas - em especial Alex Muralha - em 2017.

Antigo titular flamenguista, Muralha acumulou falhas durante o ano e fez com que o clube fosse buscar Diego Alves no futebol espanhol. Mas uma grave lesão dele escancarou a falta de opções do elenco para posição, com falhas seguidas de Muralha e Thiago. Somente César, escalado emergencialmente na reta final da Copa Sul-Americana, conseguiu mostrar bom rendimento.

Enquanto segue reformando sua comissão técnica, o Flamengo também trabalha em campo com aqueles jogadores que já se reapresentaram. Se a maior parte do elenco volta à atividade no próximo dia 13, jovens vindos da base e atletas que voltaram de empréstimo, como os volantes Ronaldo e Jonas, já estão treinando. O dia foi novamente de testes físicos para estes jogadores.

Mais conteúdo sobre:
futebol Flamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.