Flickr Oficial / CSA
Flickr Oficial / CSA

Após apenas 18 dias de trabalho, técnico Argel Fuchs deixa comando do CSA

Anúncio foi feito pelo vice-presidente Omar Coelho, com promessa de encontrar o terceiro técnico para comandar a equipe na Série B

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de setembro de 2020 | 00h36

Após apenas 18 dias, o técnico Argel Fuchs deixou o comando do CSA, nesta quinta-feira. A equipe alagoana ocupa a lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro. O anúncio foi feito pelo vice-presidente Omar Coelho, com promessa de encontrar o terceiro técnico somente neste Campeonato Brasileiro da Série B. O dirigente não deu detalhes sobre a causa da demissão.

O auxiliar-técnico fixo do clube, Adriano Rodrigues, vai comandar os treinos de sexta-feira e dirigir o time contra o Cruzeiro, em jogo marcado para sábado, às 21 horas, no estádio Rei Pelé em Maceió (AL).

Esta foi a segunda vez que Argel Fuchs dirigiu o CSA e o problema maior parece ter sido a primeira, ano passado, quando ele trocou o time pelo Ceará na reta final da competição. Faltavam apenas três rodadas para acabar o Brasileirão e o CSA acabou rebaixado à Série B. A sua volta foi contestada por parte da torcida, que protestou no CT e também nas redes sociais.

Mesmo assim, o técnico vinha tentando recuperar o time que sofreu no início da Série B com a covid-19. No total, 22 membros contraíram a doença. O técnico Eduardo Baptista caiu por conta da falta de bons resultados e o mesmo acontece agora com Argel.

Argel vinha reformulando o elenco e pedia mais um prazo em torno de 30 a 40 dias para colocar o time nos trilhos. Mas a diretoria não concordou e optou por esta nova mudança. Em quatro jogos disputados, Argel perdeu três e empatou um. A última diante do Cuiabá, por 2 a 1, de virada, na quarta-feira em casa.

Agora fica a expectativa de quem será o terceiro técnico do CSA apenas nesta Série B. Por enquanto, o time é o último colocado da tabela, com apenas quatro pontos em oito jogos. O Cruzeiro, seu próximo adversário, tem oito pontos e ocupa a 14ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.