Victor Salgado/Divulgação
Victor Salgado/Divulgação

Após aposentadoria, Puyol vai virar diretor adjunto de futebol do Barcelona

Ex-defensor da seleção espanhola vai atuar ao lado de Andoni Zubizarreta no clube catalão

O Estado de S. Paulo

30 de maio de 2014 | 10h49

BARCELONA - Mesmo anunciando sua aposentadoria no final desta temporada, Carles Puyol não irá deixar de trabalhar no Barcelona. Nesta sexta-feira, o clube anunciou, por meio de seu site oficial, que o ex-defensor vai ser diretor adjunto de futebol do time catalão. Ao lado do ex-goleiro Andoni Zubizarreta, o ex-atleta vai começar em sua nova função a partir do mês de setembro.

Desde que se despediu oficialmente dos gramados, a diretoria do Barcelona demonstrou o desejo de contar com Puyol em sua comissão. Após o anúncio, o ex-atleta demonstrou felicidade. "Quero agradecer ao Barcelona por tudo o que me deu antes e esta oportunidade que está me dando agora. Tentarei fazer o melhor possível e sobretudo, aprender muito", disse.

Mesmo que os trabalhos para a próxima temporada já tenham começado no Barcelona, com o anúncio de Luis Enrique como treinador e a contratação do goleiro Marc-Andre Ter Stegen, o ex-defensor irá demorar um pouco mais para iniciar em sua nova função. Puyol ainda se recupera dos problemas físicos que o atormentaram em seus últimos anos como jogador e assumirá o cargo quando estiver 100% recuperado.

"Ainda preciso de um tempo para descansar e seguir fazendo o tratamento em meu joelho, mas estou realmente ansioso para começar essa nova etapa", afirmou o ex-jogador de 36 anos, que atuou durante 15 anos pelo time profissional do Barcelona.

Quem trabalhará junto com Puyol em sua nova função no clube é o diretor de futebol Andoni Zubizarreta. Sobre o novo parceiro, o ex-goleiro do time catalão e da seleção espanhola vê com bons olhos a chegada do ex-defensor. "Iremos aproveitar e aprender com sua experiência. Trabalharemos em áreas mais periféricas como marketing e finanças, e também no âmbito da secretaria técnica".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.