DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

Após atrito com elenco, Emerson Leão é demitido no São Caetano

Treinador teria sido dispensado nesta quinta-feira por causa de atritos com os jogadores

AE, Agência Estado

25 de outubro de 2012 | 14h32

SÃO CAETANO DO SUL - Apesar da boa campanha na Série B, o São Caetano demitiu nesta quinta-feira o técnico Emerson Leão. O treinador teria sido dispensado por causa de atritos com os jogadores. Vadão, demitido recentemente pelo Guarani, é o mais cotado para assumir a vaga no time que ocupa a quinta colocação da Série B.

O fator preponderante para a demissão de Leão seria o trato do jogador com o elenco. O experiente técnico vinha tendo muitos problemas no relacionamento com alguns jogadores. O "estopim" teria sido o afastamento, sem justificativas, do zagueiro Gabriel.

Titular absoluto há algumas rodadas, o jogador sequer foi relacionado para o duelo contra o Ipatinga, na última terça-feira. O duelo acabou empatado por 1 a 1. O Ipatinga é o lanterna da Série B.

Apesar da demissão, Leão exibia bons números à frente da equipe. Em 12 partidas à frente do time do ABC paulista, foram sete vitórias, três empates e duas derrotas. Nas últimas rodadas, porém, acumulou dois empates seguidos, contra dois dos piores times da competição (Barueri e Ipatinga).

O São Caetano ocupa atualmente a quinta posição da tabela, com 58 pontos, um abaixo do Atlético-PR, último time dentro do G4, que garante o acesso à primeira divisão.

Mais conteúdo sobre:
futebolSão CaetanoLeão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.