Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Após avançar na Copa do Brasil, Santos treina no Rio para estreia no Brasileirão

Alvinegro enfrenta o Grêmio no domingo, às 11 horas, em Porto Alegre

Redação, Estadão Conteúdo

25 de abril de 2019 | 16h14

Após perder para o Vasco em São Januário por 2 a 1 na última quarta-feira, mas avançar às oitavas de final da Copa do Brasil, o Santos deu início à preparação para a estreia do Campeonato Brasileiro contra o Grêmio, marcada para o próximo domingo, às 11 horas, em Porto Alegre.

Na manhã desta quinta-feira, ainda no Rio, no Ninho do Urubu, CT do Flamengo, os reservas treinaram sob orientação do técnico Jorge Sampaoli, enquanto os titulares que enfrentaram o Vasco fizeram um trabalho regenerativo.

O time alvinegro retorna a Santos nesta quinta e treina mais duas vezes no CT Rei Pelé antes do duelo com o Grêmio. Sampaoli usará as atividades para tomar algumas decisões, como, por exemplo, definir quem será o goleiro titular: Vanderlei ou Everson. O primeiro atuou no Campeonato Paulista e o segundo na Copa do Brasil, seguindo o rodízio estabelecido pelo treinador.

O técnico argentino ainda tem dúvidas na lateral esquerda, com a chegada de Jorge, e no ataque. Jorge jogou quatro partidas desde que chegou e foi o autor do gol contra o Vasco que garantiu o time na próxima fase da Copa do Brasil. Caso permaneça como titular, Diego Pituca, improvisado na lateral em alguns jogos, voltaria ao meio de campo e, assim, Soteldo iria para o banco de reservas.

No ataque, Rodrygo e Cueva brigam por uma vaga. Como tem sido mais regular nesta temporada, é provável que Rodrygo, que esteve entre os titulares contra o Vasco, permaneça no time. Cueva ainda não mostrou a que veio, mas, mesmo assim, tem a confiança de Sampaoli.

O comandante terá apenas dois desfalques para a estreia no Brasileirão: o lateral-direito Matheus Ribeiro, com um edema na coxa direita, e o atacante Yuri Alberto, com uma pubalgia. Os dois, porém, não são titulares e jogaram pouco neste ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.