Após boa atuação, Elber espera nova chance no Cruzeiro

Escalado para substituir o titular Martinuccio, que não pôde jogar por imposição contratual, o jovem meia-atacante Elber foi destaque do Cruzeiro na vitória sobre o campeão Fluminense, por 2 a 0, no último domingo, no Engenhão. Consciente de que deve perder a vaga no time com o retorno do argentino, diante do Coritiba no domingo, o garoto de 20 anos espera ansioso por uma nova chance.

AE, Agência Estado

22 de novembro de 2012 | 18h01

Elber acredita que virou um bom problema para o técnico Celso Roth. "É uma dor de cabeça boa para o professor. O Martinuccio volta, é um grande jogador, que está em excelente fase", disse Elber, feliz pela atuação no último domingo, quando marcou um dos gols do Cruzeiro e recebeu elogios.

Roth foi um dos que elogiou o garoto após a vitória de domingo sobre o Fluminense. "Ele está merecendo ser a bola da vez, mas temos que ter calma. Ele tem muita qualidade. Se continuar nesse ritmo, ele pode trazer alegria para a torcida do Cruzeiro", disse o treinador do time mineiro.

O gol no Engenhão também foi marcante para Elber. "Foi uma emoção boa. O primeiro gol que marquei, contra o Náutico, foi especial porque era o meu primeiro gol como profissional. Mas este agora também foi emocionante, por ser fora de casa, contra o campeão brasileiro, um time muito qualificado que mereceu o título. Para mim e para a minha carreira, foi muito importante marcar um gol contra o campeão brasileiro", admitiu o jogador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroElber

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.