Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Após briga, Pedro Henrique reencontra Guerrero no duelo Corinthians x Flamengo

Zagueiro minimiza novo confronto contra o peruano, mas diz que aquele jogo foi um dos melhores de sua carreira

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2017 | 18h20

O clássico nacional entre Corinthians e Flamengo, neste domingo, reserva um duelo entre o zagueiro Pedro Henrique e o centroavante Guerrero, que se enfrentaram no ano passado e o corintiano, mesmo sendo mais jovem e inexperiente, levou a melhor sobre o experiente peruano na vitória por 4 a 0, na Arena Corinthians, em São Paulo. O atleta alvinegro minimiza o reencontro, mas diz ter boas lembranças daquele confronto.

"Foi um dos meus melhores jogos pelo Corinthians, mas aquele momento é passado. Agora é pensar no Flamengo desse ano. Vai ser uma partida bem complicada", disse o defensor, durante entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, em São Paulo.

Além da boa atuação, um lance que marcou a partida contra o Flamengo foi o momento em que Pedro Henrique discutiu com Guerrero. O novo titular acredita que o peruano merece respeito, mas outros atletas também inspiram cuidados. "Naquele momento, eu e Guerrero estávamos com a cabeça quente, por ser um clássico. Ele é um grande centroavante. Enfrentamos Henrique Dourado e outros bons centroavantes também. Agora é manter a linha de quatro jogadores e fazer aquilo que o professor pede", comentou.

O elenco corintiano se reapresentou nesta quinta-feira, mas os atletas que participaram da partida contra o Patriotas, da Colômbia, na última quarta, pela Copa Sul-Americana, fizeram apenas um trabalho de recondicionamento físico. A tendência é que o time só seja definido neste sábado, mas a única dúvida do técnico Fábio Carille é no meio de campo. Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto disputam a vaga de Jadson, machucado.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
Corinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.