Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Após brincadeira no Twitter, Corinthians pode desistir de Zeca

Clube alega que empresários do jogador recuaram sobre acordo firmado anteriormente

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

14 Março 2018 | 16h59

O Corinthians dava a contratação do lateral-esquerdo Zeca como certa, mas a negociação pode não acontecer por causa de questões financeiras e jurídicas. O clube chegou a postar uma mensagem no Twitter brincando com o fato do jogador deixar o Santos para atuar no time corintiano, mas o acordo corre o risco de ser feito.

+ FPF muda data das quartas do Paulista

+ Corinthians enfrenta o Deportivo Lara em jogo de paciência

Pessoas ligadas à diretoria alegam que os empresários do atleta, a OTB Sports, haviam assumido o compromisso de pagar a multa de R$ 50 milhões para o Santos, caso o clube consiga reverter a situação na Justiça. Porém, eles mudaram o discurso e não querem mais bancar o valor da negociação. O Estado tentou contato com a OTB, mas nenhum deles atendeu a reportagem.

Os dirigentes do Corinthians devem se manifestar ainda nesta quarta-feira, antes ou depois da partida contra o Deportivo Lara, às 21h45, na Arena Corinthians. A negociação ainda não foi cancelada, mas o clube preferiu recuar do anúncio.

Zeca chegou a visitar o CT Joaquim Grava na terça-feira, passou por exames médicos e estava tudo certo para ser anunciado nesta quarta, antes do jogo, e ele iria até a Arena assistir o jogo contra o Deportivo Lara. 

A disputa jurídica entre Corinthians e Santos fez até com que os rivais trocassem farpas pelo Twitter. Pouco antes de anunciar o acerto com o jogador, o time paulistano divulgou: "#PlantãoCorinthians informa: Sistema Anchieta-Imigrantes tem fluxo bom no sentido da capital paulista. Em breve, mais informações na #CorinthiansTV." Minutos depois, o Santos rebateu, também de forma bem humorada: "#PlantãodoPeixe Atenção, motorista: deslocamentos na estrada sem os cuidados devidos podem causar prejuízos milionários! #subaaserracomsegurança"

Anteriormente, Zeca chegou a ficar muito próximo de um acerto com o Palmeiras e com o Flamengo, mas ambos desistiram do jogador justamente por causa da briga jurídica que não lhe garantiam uma data em que o atleta pudesse estar apto para jogar. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.